sábado, 21 de janeiro de 2012

Rituais e Cartomância: escolhendo o significante



Em determinados rituais com os Arcanos do Tarot, a própria arrumação para o feitiço  solicita uma carta que denominamos de significante. Ela serve para descrever "você", a  pessoa, e até mesmo grupos, instituições ou organizações, enfim o elemento para o qual o ritual é direcionado.
Esteja  livre para seguir  esta lista  ou simplesmente siga  sua intuição para o Arcano  que você sente que está mais em sintonia com seu propósito.

O Louco: uma criança ou adolescente, uma pessoa inocente e inexperiente; "todo mundo", um aventureiro ou viajante, alguém que precisa tomar uma decisão, que vai embarcar em algum tipo de aventura.


O Mago: alguém que tomou consciência de seu potencial, um homem ideal, um mago, um engenheiro ou alguém  das Ciências Aplicadas, um artista, artesão.

A Grande Sacerdotisa: uma pessoa tentando entrar em contato com seu eu interior; uma mulher ideal ou mulher dos sonhos; uma pessoa que esconde um segredo, uma vidente,  uma mulher sábia, uma erudita ou pesquisadora, cientista ; também um pedido de iniciação.


A Imperatriz: uma mulher de autoridade,  saudável, poderosa; uma mulher grávida, uma mãe, a Mãe Terra, uma figura da política.

O Imperador:  um homem de autoridade, saudável e poderoso; um pai ou a figura paterna; uma figura política masculina; um militar ou oficial de justiça, chefe de empresa ou indústria. Também o governo, uma corporação, um complexo industrial-militar.

O Hierofante:  um professor ou mentor, um membro do clero, alguém que preside cerimônias ou hierarquias; também uma instituição educacional e/ou religiosa, solicitar uma cerimônia.

Os Amantes: um casal.  


O Carro: Mensageiro, uma pessoa envolvida em  transporte, militar também.

A Força: alguém corajoso e enérgico; um atleta.

O Eremita: aquele que busca por conhecimento;uma pessoa idosa;  alguém  que insiste em ficar no passado; um guia; uma pessoa solitária, que gosta de se isolar.

A Justiça: alguém que  deve aceitar as consequências de suas decisões; uma pessoa envolvida em um processo de justiça, um advogado; também o sistema de Justiça e aplicação das Leis.


O Dependurado: alguém que sente que sua vida está em um estado de inércia; uma pessoa que voluntariamente abandonou sua vida rotineira para se devotar  à um trabalho meditativo, refletir; um paciente em um hospital; um mártir

A Temperança: um curandeiro (a); um administrador; uma pessoa disciplinada e habilidosa; um ambientalista, alguém com o espírito protetor.

O Diabo: uma pessoa extremamente negativa ou destrutiva.

A Estrela: alguém que sempre oferece uma ajuda inesperada;  uma musa, uma pessoa profundamente espiritual ou inspirada; alguém de uma beleza estonteante, um artista, um apresentador, uma celebridade.

O Sol: Um criança ou várias crianças, uma pessoa bastante criativa, uma celebridade ou artista. 


O Mundo: Uma pessoa realizada e auto-realizada; um dançarino (a); um naturalista.



Dois de Paus: Parceiros de negócios, de trabalho.


Três de Paus: Alguém envolvido em comércio; também uma corporação.

Cinco de Paus: competidores; um grupo ou time esportivo.

Seis de Paus:  Alguém vitorioso. 


Sete de Paus: alguém envolvido em uma luta, conflito; uma pessoa com uma opinião própria contra seus opositores; um visionário.


Nove de Paus: alguém na defensiva; também um militar.

Dez de Paus: um trabalhador, uma pessoa excessivamente sobrecarregada; também um sindicato dos trabalhadores.

Valete de Paus:  alguém bastante jovem que é ativo, gregário, empreendedor e aventureiro; uma pessoa que começa a trabalhar bem cedo; um mensageiro; se invertido, um fofoqueiro ou que fala demais.

Cavaleiro de Paus: uma pessoa que está envolvida ou envolve os outros em novos projetos, direções e aventuras; quando invertida, um sedutor, um risco a tomar, uma pessoa cujas as energias estão bastante dispersas.

Rainha de Paus: uma mulher de negócios; uma mulher que toma a iniciativa, envolvida em várias atividades e projetos; uma empreendedora; se invertida, uma sedutora.

Rei de Paus: um homem de negócios, aquele que toma a iniciativa, envolvido em vários projetos e atividades; um empreendedor; invertido, um homem que negligencia suas responsabilidades.


 Dois de Copas: um casal, parceiros.


Três de Copas: um clube social, um círculo de amigos, uma celebração.

Quatro de Copas: alguém que está chateado com a calmaria, mas tem uma vida emocional estática; uma pessoa que está reavaliando sua situação.

Cinco de Copas: uma pessoa emocionalmente inquieta, se arrisca; alguém que está amargurado, sofrendo.

Seis de Copas: Crianças, amigos infantis.


Nove de Copas: uma pessoa que tem e goza do luxo; um generoso anfritrião; uma pessoa mimada.

 Dez de Copas: uma família, um grupo familiar...

Valete de Copas:  um jovem que é bastante sensível, criativo, carinhoso, emotivo e dependente; se invertido, uma criança com distúrbios emocionais; uma criança de pais divorciados.

Cavaleiro de Copas: um amante; alguém que traz o amor; uma pessoa bastante atraente, romântica, idealista; se invertido, uma amante infiel, uma pessoa não confiável. 

Rainha de Copas: uma mulher com fortes sentimentos, emoções, sonhos, visões e religiosidade; uma mulher atraente, compreensiva; uma enfermeira, zeladora, assistente social; uma mulher que adora animais; se invertida, uma mulher masoquista ou desequilibrada emocionalmente.


Reis de Copas: um homem "caliente", amorosos, sensível, religioso, poético, idealista; um membro do clero; que ama animais, trabalha pelo social; se invertido, um homem que não é confiável, instável, infiel e fraco.




Quatro de Espadas: uma pessoa se recuperando de alguma doença; uma pessoa aposentada.

Sete de Espadas: uma pessoa muito esperta ( no sentido negativo); um ladrão;  uma pessoa que está tentando escapar das consequências dos seus atos.

Oito e Espadas: uma pessoa que sente imobilizada pelas circunstâncias.


Nove de Espadas: uma pessoa bastante ansiosa e cheia de preocupações.


Valete de Espadas: um jovem precoce; se invertido, uma criança ou jovem manipuladora, vil, um delinquente.


Cavaleiro de Espadas: uma pessoa enérgica e forte, um intelectual; invertido, uma pessoa que está envolvida ou envolve os outros em conflitos e problemas.

Rainha de Espadas: uma mulher inteligente, perceptiva, analítica; uma mulher que tem o poder de lutar  em seu favor; uma mulher militar, advogada, professora; se invertida,  uma cruel e vingativa oponente, corrompida pelo poder.

Rei de Espadas: um homem inteligente, perceptivo, analítico, alguém que tem poder de lutar em seu favor, um militar, advogado, professor; se invertido, um homem vingativo e impiedoso oponente, um homem corrompido pelo poder.






Dois de Ouros: uma pessoa que deve "fazer malabarismo" para cumprir seus deveres  e obrigações.

Quatro de Ouros: uma pessoa próspera, rica, mas avarento, um proprietário de algum imóvel; também um banco ou instituição financeira.


Seis de Ouros: um filantrópico, também um serviço ou instituição de caridade.


Sete de Ouros: um fazendeiro, um investidor, um planificador; também está ligado à agricultura.

Oito de Ouros: um operário, trabalhador, um artesão; também uma organização trabalhista.

Nove de Ouros: uma pessoa auto-suficiente, autonôma.

Dez de Ouros: uma família, uma dinastia.

Valete de Ouros:  um jovem bastante estudioso, consciente e responsável; se invertida, uma criança ou jovem birrento, teimoso. 


Cavaleiro de Ouros: uma pessoa singular que é autêntica, confiável, estável, trabalhadora, prudente e conservadora; se invertida,  uma pessoa que pode emaranhar os outros em um mar de dívidas, um funcionário imprestável.


Rainha de Ouros: uma mulher graciosa, refinada, bem intencionada, confiável e financeiramente estável; uma matriarca, patrona das artes; se invertida, uma pessoa com uma renda reduzida, uma mulher mesquinha, avarenta e suspeita.

Rei de Ouros:  um homem responsável, confiável, prudente, um bom administrador financeiro; um homem preocupado com a aparência, um patriarca, um patrono das artes; se invertida, um homem que tem sérios reveses financeiros, avarento, suspeito, um burocrata insensato.






Paz e Luz!






Nenhum comentário:

Postar um comentário